terça-feira, 31 de julho de 2018

Já dançou com o demônio sob a luz do luar?


Essa frase é dita por Coringa (o incorporado pelo grande Jack Nicholson) no primeiro Batman de Tim Burton (1989), o qual tive o prazer de assistir no cinema, ao lado de minha mãe, quando pivete. Essa pergunta bizarra foi o artifício encontrado por Burton para sugerir que Coringa, quando jovem punguista, seria o responsável pelo assassinato dos pais de Bruce Wayne. 

Parece apenas uma frase vazia, para impingir dramaticidade à cena. Na cabeça de alguns, pode dizer muita coisa; ao menos, foi o que constatei numa breve pesquisa pela rede de esgoto da blogosfera. Em minha curta experiência de vida, afirmo que já dancei com um demônio sob o luar. Acho que foi no réveillon de 2007, quando dancei na praia com minha ex-esposa. Brincadeiras à parte (com leve fundo de verdade), penso que "dançar com o demônio sob a lua" reflete bem aqueles momentos onde você está fodido e mal pago mas, mesmo assim, de bem consigo mesmo.

Mas por que recordei essa citação agora? É que estava remexendo uns gibis velhos e encontrei uma propaganda de Hellboy com tal chamada. Achei curioso, pois Mike Mignola foi um excepcional artista de Batman.

Abraços e até a próxima.

Postagens sugeridas:
  1. Joaquin Phoenix e Alexandro
  2. Coringa, Movimento Antimanicomial e Anarcocapitalismo
Propaganda presente na quarta capa de Exterminador do Futuro (gibizão, aliás).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O comentário aqui é anônimo e não moderado. Contudo, pense bem se vale a pena perder seu tempo postando alguma ofensa gratuita.